Muitas vezes você sente que as horas passaram muito rápido e tem a sensação de ter perdido a noção em relação ao tempo. Pode ser que neste período você tenha se envolvido e praticado alguma habilidade muito específica e prazerosa. O tempo simplesmente voou, e o melhor, você poderia ter ficado ali, com foco total e mesmo assim estaria com muita energia. Isto explica porque muitas vezes podemos trabalhar em determinada atividade sem o menor cansaço ou estresse.

Um maratonista pode completar uma corrida de longa duração e, provavelmente ao final, estará esgotado fisicamente. Entretanto, se perguntarmos a ele ou ela qual a sensação naquele momento a resposta será a mesma: plenitude e satisfação.

O Prof. Mihaly Csíkszentmihályi, húngaro radicado nos Estados Unidos, é autor do conceito denominado FLOW. Sua teoria indica que as pessoas são mais felizes quando se encontram em estado de Fluxo, ou seja, momentos de alta concentração ou absorção total através de uma atividade.  O estado de Flow é considerado um estado ótimo de motivação intrinsica – onde uma pessoa é absorvida plenamente por aquilo que está fazendo. Mihaly descreve o Fluxo (Flow) como uma atividade que envolve plenamente a pessoa. Seu ego apenas descansa. O tempo voa. Cada ação ou movimento está em harmonia como se fosse uma música. O seu todo é envolvido e o uso de habilidades é latente.

E você já experimentou estados de Flow? Seja no trabalho, ou nos esportes, ou no aprendizado Anos atrás tive a oportunidade de conhecer pessoalmente o Prof. Mihaly, que atua hoje na Universidade de Claremont na Califórnia, com foco em estudos voltados ao entendimento do conceito felicidade e da aplicação prática da Psicologia Positiva.

Para entender melhor sobre este tema eu recomendo a leitura do livro Flow: A psicologia do alto desempenho e da felicidade (Editora Objetiva).